Eu quero amor, mas ele realmente assusta o inferno fora de mim

Nos últimos anos, estive esperando, desejando, desejando e procurando o cara certo para trazer o amor genuíno para minha vida, mas sempre fui aquém. Já se passou muito tempo desde que eu realmente estive apaixonado por alguém ou alguém realmente me amou, e eu realmente não tenho certeza de como lidaria com o peso dessas emoções. Não é que eu tenha esquecido o que é o amor, ele apenas me assusta muito.


Estou preocupado em não ser bom nisso.

Estou em uma idade agora em que o amor e os relacionamentos são uma virada de jogo. As pessoas estão se casando, comprando casas juntas e começando uma vida genuína com a intenção de sempre. Eu sei como me tornar adulto por conta própria, mas colocar outra pessoa nessa mistura e, ao mesmo tempo, dar a ela meu coração no processo é AF assustador. E se não funcionar? E se eu estragar tudo? E se eu tiver que começar tudo de novo?

E se eu não reconhecer mais o amor verdadeiro?

Já faz tanto tempo que não digo o suficiente sobre alguém para amá-lo de verdade e não tenho certeza se vou conhecer o cara certo se ele estiver me olhando diretamente na cara. Estou tão acostumada com caras perdedores, decepções e caras que dirão o que puderem apenas para me levar para a cama que nem tenho mais certeza do que é real.

Eu não quero estragar tudo por estar com medo.

Estou preocupada por ter tanto medo de encontrar o cara certo e rezar para que ele não acabe como todos os outros para que eu sabote a minha própria chance de ser feliz de verdade. Nunca foi minha intenção agir com total cautela e me fechar completamente, mas às vezes simplesmente não consigo evitar me sentir estagnada por minhas experiências. É como se eu estivesse tão acostumada a viver em um constante sentimento de frustração da minha vida amorosa que temo legitimamente o próximo passo na jornada.

Tenho medo de me machucar novamente.

Estou com medo de finalmente encontrar um cara para amar que vai me amar de volta, apenas para acordar um dia para a dura realidade de que ele caiu fora e sai pela porta como tantos outros fizeram. Eu sei que preciso ser vulnerável, mas é tão difícil às vezes. Quando o cara certo finalmente entrar na minha vida, só espero que o medo desapareça e que o que está para acontecer se desenrole de uma forma fortuita.


Estou preocupado por não acreditar no amor da mesma forma que antes.

Não sou um cínico total, mas houve momentos em que pensei que o amor de um cara era o resultado final que eu precisava perseguir. No meu caminho para encontrar isso, eu me encontrei e construí uma vida incrível pela qual estou completamente apaixonado. E se o amor que espero não for suficiente para corresponder a isso?